Traços da General Paranhos?

Esta foto panorâmica de Porto Alegre (fig.1) em direção à Praia de Belas, publicada na edição comemorativa da revista A Máscara, de 1922[1], mostra a encosta sul do espigão do centro histórico. Observando mais cuidadosamente, pode-se deduzir a provável localização da antiga Rua General Paranhos, atualmente a avenida Borges de Medeiros. Esta antiga rua de Porto Alegre compreendia três becos: o Beco do Poço, o … Continuar lendo Traços da General Paranhos?

É um longo caminho

O ano de 2016 trouxe várias mudanças, novidades e… imprevistos. Tive que diversificar minhas atividades profissionais para manter a saúde financeira, o que apesar de trazer muitas gratificações também passou a ocupar uma parte considerável do meu tempo. Assim, a produção do volume 2 do Beco do Rosário, que eu esperava ter concluída para o fim de 2016, encontrou um caminho pedregoso. De qualquer forma, … Continuar lendo É um longo caminho

 Beco do Oitavo (atual Avenida André da Rocha)

Situado na Cidade Baixa próximo ao antigo beco do Firme, a atual Rua Avaí, e também ligando a antiga Rua da Olaria (atual Rua General Lima e Silva) à Várzea ou Campo da Redenção, o Beco do Oitavo tem fartos registros das atividades ilícitas e distúrbios de que foi palco. Segundo Franco (1988), a avenida André da Rocha Resultou do alargamento e reforma do primitivo … Continuar lendo  Beco do Oitavo (atual Avenida André da Rocha)

O Beco do Império

Quem chega à esquina da Igreja Matriz, na Rua Duque de Caxias com a Rua Espírito Santo, depara-se com uma impressionante ladeira.   Ela é parte do caminho que já foi conhecido como Beco do Império ou do Cemitério, e posiciona-se sobre o espigão em que está o centro histórico de Porto Alegre de modo transversal, descendo sua encosta até a Avenida Washington Luís, a … Continuar lendo O Beco do Império

Guia de Edição de Balões e Textos para histórias em quadrinhos

Introdução Embora frequentemente deixados em segundo plano, os balões e textos são elementos gráficos essenciais para um projeto de histórias em quadrinhos. As escolhas de formas e tipos deve proporcionar não somente legibilidade e clareza à narrativa, mas também harmonizar-se intimamente com o estilo de desenho e colorização das páginas, conferindo uma unidade gráfica e estética ao projeto. Assim, é importante levar em consideração alguns … Continuar lendo Guia de Edição de Balões e Textos para histórias em quadrinhos

Rabiscando e aprendendo

Sempre tive o hábito de escutar alguma coisa enquanto desenho, ou desenhar enquanto escuto. Por incrível que pareça, desenhar enquanto escuto me ajuda a prestar atenção no que está sendo dito, então, em meio a tanto aprendizado e anotações no Seminário Nilo Feijó (28 a 30/11/2016), também fiz bastantes desenhos. No sketchbook e com esferográfica preta. Continuar lendo Rabiscando e aprendendo

Tutorial de colorização digital

Privilegio antes de tudo a ambientação. Imagino que uma certa luz banha a cena e que esta luz vai impregnar todos os objetos. Depois, coloco algumas áreas de cores que se contrapõe à cor dessa ambientação geral. […] Desde o volume 7 de FOG eu faço as cores no Photoshop. Mais mesmo quando eu trabalhava manualmente sobre [uma cópia da página impressa em] azul, com … Continuar lendo Tutorial de colorização digital

Calças em Bagé?

Detalhe de uma fotografia (revista A Máscara*, 30/11/1924) retratando “senhorinhas da alta sociedade bagéense” na exposição agropecuária, ocorrida em 12/10/1924. Chama a atenção o que parece ser calças, cujo uso pelas mulheres era praticamente restrito ao meio esportivo na época. De qualquer forma, serviu de inspiração para fazer um estudo no sketchbook, que foi colorizado digitalmente. *Hemeroteca do Museu de Comunicação Social Hipólito José da … Continuar lendo Calças em Bagé?

Estudos de Prédios

Que tipos de prédios compunham Porto Alegre no início do século XX? E quais formavam os becos? Para saber um pouco mais, fiz croquis de diversos prédios da cidade a partir de fotos a fim de aprender como era o “cenário” da época. Da mesma forma, também o estudo de outros componentes da paisagem urbana, como postes, luminárias, carros, etc. É fundamental para desenhar cenários de modo convincente. Continuar lendo Estudos de Prédios